Bem-Vindo ao Portal da FAI
Com o objetivo de defender os direitos e interesses da comunidade universitária.
Central do Aluno



Nova Central do Docente



Central do Docente




NOTÍCIAS
Imprimir
Arquivos
Home

FAI e Unesco/Metodista: parceria como referência acadêmica nos anos de 1999 e 2006
Aos professores doutores Gilson Parisoto, Marques de Mello e Isaac Epstein (in memoriam), ainda, Rubens Galdino, dedico!
Quinta-Feira, 4 de Novembro de 2021
por Prof. Me. Sérgio Barbosa
Na foto, os homenageados: Prof. Me. Sérgio Barbosa, Prof. Dr. José Marques de Mello, Prof. Dr. Gilson Parisoto e Prof. Dr. Isaac Epstein
foto de Arquivo UniFAI

"A gestação da Cátedra Unesco/Umesp de Comunicação para o Desenvolvimento Regional começou em outubro de 1994. O professor José Marques de Melo foi consultado sobre a possibilidade da Universidade Metodista sediar uma das Cátedras de Comunicação previstas para a América Latina. E em abril de 1995, representantes da Unesco visitaram a Universidade, verificando a infraestrutura e a qualidade do ensino oferecidos. O Seminário Internacional sobre Comunicação e Identidades Culturais na América Latina, que ocorreu em junho daquele ano, constituiu oportunidade adequada para discutir e negociar os rumos da futura Cátedra. E logo em 1996 foi realizada a sessão de instalação da Cátedra Unesco na Universidade Metodista de São Paulo". (Arthur Marchetto)

Não se pode deixar o passado de lado em meio aos desencontros do presente, haja vista que o futuro pode fazer a diferença neste contexto entre o passado e o presente, ainda mais em terras adamantinenses.

Por isso e mais aquilo, muitos fatos que ocorreram faz algum tempo pode servir como exemplo para o momento, ainda, em todas as áreas e muitas respostas podem servir para uma mesma pergunta.

Nas muitas recordações deste articulista, estão as diversas atividades promovidas e executadas pelas então Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI) entre os anos de 1999 e 2006, destaque para a parceria com a Cátedra Unesco/Metodista de Comunicação para o Desenvolvimento Regional e apoio institucional da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp).

Pode-se afirmar que foram mais ou menos oito anos de uma convivência acadêmica na área da pesquisa, tendo em vista quatro destes eventos resultaram em publicações (livros), a saber: ComSaúde 1999, ComSaúde 2000, Mídia em Debate e Celacom...

Lamentável que tais atividades tenham se perdido no tempo do tempo da Instituição das "paredes alvas", pois, desenvolver atividades na área da pesquisa é fundamental para a consolidação do projeto universitário nas áreas do Ensino e da Extensão comunitária.

Também, a credibilidade acadêmica se faz com parcerias de ponta em todas as áreas e ficar no lugar comum de sempre não traz resultados efetivos quanto às pesquisas e assim por diante.

Mas, como escrevi no início deste artigo, são fatos do passado que ainda ecoam na cabeça de muitos docentes que participaram destes projetos, bem como, ex-alunos(as) que estão no mercado como profissionais nas diversas áreas ou como pesquisadores(as), considerando que tais eventos buscavam a mediação entre mercado e academia ou vice-versa.

Neste período, deve-se registrar e destacar o apoio em todos os eventos do diretor geral, Prof. Dr. Gilson João Parisoto, também, do Prof. Dr. Rubens Galdino da Silva, sendo que ambos sempre se colocavam a frente destas parcerias institucionais com a Cátedra Unesco/Metodista.

Não se pode esquecer neste texto, do apoio incondicional do Prof. Dr. José Marques de Mello, diretor titular da Cátedra e do Prof. Dr. Isaac Epstein, diretor científico nesta época impar para as relações com a FAI.

Portanto, como sempre escrevo aqui e ali, "A César o que é de César", tais registros podem ter desaparecido dos anais da instituição, entretanto, existem muitas testemunhas oculares que participaram ativamente destes eventos que marcaram presença na instituição, colocado à mesma como referência na promoção e execução de eventos acadêmicos com aval amplo, geral e irrestrito da Cátedra Unesco/Metodista de Comunicação para o Desenvolvimento Regional em Adamantina.

Finalizando, no ano de 2006, quando a Cátedra comemorou dez anos de atividades, a FAI foi agraciada com duas homenagens por meio de diplomas de "Honra ao Mérito", a saber: Prof. Dr. Gilson Parisoto e outros três diplomas de "Honra ao Mérito", ainda, como homenagem emblemática para este articulista, sendo que os diplomas foram outorgados pelos relevantes serviços prestados junto a Cátedra Unesco/Metodista entre os anos de 1999 e 2006.

Quem sobreviver vai saber...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rua Nove de Julho, 730 - Centro - CEP 17800-000 Adamantina SP - (018) 3502-7010

Portal UNIFAI - Centro Universitário de Adamantina :: Política de Privacidade - © Copyright - Todos os direitos reservados