Bem-Vindo ao Portal da FAI
Com o objetivo de defender os direitos e interesses da comunidade universitária.
Central do Aluno



Central do Docente




NOTÍCIAS
Imprimir
Arquivos
Home

UniFAI celebra 52 anos de formação superior nesta terça, 04
Atual reitor aponta o impacto positivo da instituição adamantinense, o trabalho das pró-reitorias, os desafios da educação na pandemia e o balanço da atual gestão
Terça-Feira, 4 de Agosto de 2020
por Priscila Caldeira
Há mais de cinco décadas, UniFAI se destaca no cenário educacional da Alta Paulista
foto de Agência UniFAI

Proporcionar a concretização de sonhos por meio do alcance a uma formação superior de qualidade. Este objetivo fez com que as extintas Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Adamantina (FAFIA), Faculdade de Enfermagem e Obstetrícia (FEO) e Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI), hoje Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), desempenhassem significativo papel na qualificação profissional, aumento de renda, atendimento à comunidade e no crescimento econômico do município.

 

Os 52 anos comemorados nesta terça-feira, 04 de agosto, evidenciam que o desenvolvimento da autarquia municipal, destaque no cenário educacional da Alta Paulista, é resultado de um esforço coletivo de fundadores, ex-diretores e servidores.

 

“Toda gestão tem fundamental papel na base que sustenta a subsequente. A partir delas, analisamos o que precisa ser construído e melhorado e, assim, podemos continuar a edificação de um trabalho forte, com foco no crescimento e qualidade que a UniFAI apresenta à comunidade”, afirma o reitor Prof. Dr. Paulo Sérgio da Silva.

 

O atual gestor da UniFAI concedeu entrevista a respeito do impacto positivo da instituição adamantinense, o trabalho das pró-reitorias de Ensino, Pesquisa e Pós-Graduação e Extensão, os desafios da educação na pandemia e o balanço da atual administração:

 

Jornalista UniFAI - Há mais de cinco décadas surgia uma instituição de ensino superior pública municipal do interior paulista. À frente da UniFAI há três anos, como o senhor avalia o impacto social da autarquia? E o econômico?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - A UniFAI tem papel fundamental no crescimento de Adamantina. Há três anos temos trabalhado incansavelmente para poder levar ensino de qualidade aos nossos alunos e serviços à comunidade. Nossos cursos atendem inúmeras pessoas em seus estágios, com o internato do curso de medicina, com projetos de extensão e com o UniFAI-Social. Temos levado o nosso melhor à comunidade. A economia de Adamantina tem nos agradecido pelo movimento que nossos alunos dos cursos diurnos têm promovido ao comércio local. Somos gratos à Adamantina e principalmente aos funcionários, professores e estudantes que fazem a UniFAI ser essa excelência em empresa e ensino.

 

Jornalista UniFAI - Fruto de um trabalho coletivo de gestores e servidores (técnico-administrativos e docentes), a UniFAI proporcionou a concretização de sonhos por meio da construção de conhecimento na formação superior. Que mensagem o senhor estende às gestões anteriores?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - Toda gestão tem fundamental papel na base que sustenta a subsequente. A partir delas, analisamos o que precisa ser construído e melhorado e, assim, podemos continuar a edificação de um trabalho forte, com foco no crescimento e qualidade que a UniFAI apresenta à comunidade.

 

Jornalista UniFAI - Que balanço faz das estratégias e ações da atual gestão? O que gostaria de destacar?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - O balanço é muito positivo e destaco, nesse momento, a união de funcionários e corpo docente para atender nossos alunos durante essa pandemia e a finalização da construção do bloco V.

 

Jornalista UniFAI - No programa de gestão que a reitoria apresentou, qual o percentual já concluído? E os itens em andamento?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - O plano de ação da reitoria está 90% concluído de forma integral e com muito respeito a todos. O andamento dos trabalhos segue conforme as previsões.

 

 

Jornalista UniFAI - A pandemia trouxe à luz a discussão a respeito da qualidade da educação e o acesso universal às ferramentas que ela proporciona, já que a desigualdade social no Brasil é uma realidade. Como essa questão tem sido solucionada, em conjunto com a pró-reitoria de Ensino, para amenizar os impactos que os estudantes de classes menos favorecidas economicamente vêm enfrentando no acompanhamento das aulas remotas?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - Os coordenadores e professores estão atentos 24 horas por dia para solucionar as demandas que aparecem pontualmente. Temos a plataforma G Suite que, além de ser intuitiva, é um canal excelente de comunicação e ensino.

 

Jornalista UniFAI - Para complementar a pergunta anterior, em que medida a reitoria busca manter acessíveis os valores das mensalidades visando o alcance da educação superior a todos – por ser uma instituição pública municipal?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - Em função do apoio financeiro a UniFAI, diferente de todas as instituições de ensino em nosso entorno e via projeto de lei, forneceu 20% de desconto nos meses de maio e junho, além de facilitar o parcelamento para as pessoas que, infelizmente, como muitos brasileiros, foram fragilizadas nesse momento ímpar.

 

Jornalista UniFAI - A modalidade de ensino híbrido já vinha sendo realizada em alguns cursos de pós-graduação semipresencial. Essa adaptação do ensino (do presencial para o on-line) para atender a segurança sanitária vai acelerar a implantação de EaD pela UniFAI (mesmo que em cursos e/ou disciplinas pontuais)? Qual a visão e o objetivo da reitoria nesse sentido?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - É importante salientar que nosso ensino, nesse momento, por meio virtual, difere-se muito de um ensino EaD e híbrido. Nossas aulas ocorrem em tempo real entre professor e aluno e não há encontros presenciais. Nesse momento é importante focar na melhor qualidade possível de ensino e nossos professores merecem ser parabenizados por seu desempenho e qualidade das aulas.

 

Jornalista UniFAI - Como o senhor avalia o diálogo da gestão da autarquia com o corpo discente, ainda mais neste momento de crise sanitária mundial? E com a sociedade adamantinense no geral?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - Sempre estamos e estaremos abertos ao diálogo e isso nos fortalece.

 

Jornalista UniFAI - Como tem sido o trabalho de cada pró-reitoria (Ensino, Pesquisa e Pós-Graduação, e Extensão) e que avaliação faz delas?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - Cada pró-reitoria tem feito o seu papel, com suas dificuldades, limitações e superação. É preciso acreditar e lutar para o melhor sempre.

 

Jornalista UniFAI - O servidor docente recebe continuamente cursos de capacitação para atualização curricular, a exemplo das ferramentas da plataforma do Google for Education que hoje são centrais para a realização e  manutenção das aulas remotas. Esta categoria também dispõe de um plano de carreira. Como tem sido o trabalho de valorização frente os servidores técnico-administrativos da instituição? Há pretensão de a reitoria inserir um plano de carreira a eles, tal qual existe para os docentes?

Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva - É preciso valorizar todos que lutam em seu dia a dia e a comunidade UniFAI está de PARABÉNS PELO SEU TRABALHO. Nesse momento de pandemia temos muito a agradecer pelo desempenho que todos os funcionários, técnicos e docentes apresentam frente aos nossos clientes. É preciso um foco e esforço direcionados à preservação da vida, sustentabilidade financeira de nossa IES e qualidade de nossos serviços. Precisamos analisar o cenário que sobreviverá pós-crise para que possamos inserir projetos frente a novos arranjos estruturais administrativos.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rua Nove de Julho, 730 - Centro - CEP 17800-000 Adamantina SP - (018) 3502-7010

Portal UNIFAI - Centro Universitário de Adamantina :: Política de Privacidade - © Copyright - Todos os direitos reservados