Bem-Vindo ao Portal da FAI
Com o objetivo de defender os direitos e interesses da comunidade universitária.
Central do Aluno
Matricula:
Ano:
CPF:
Central do Docente
Identificação:
*Caro docente caso não tenha feito o recadastramento de sua senha,informe seu CPF no campo senha.
Senha:
Rádio Cultura

Nossa história

Lei municipal cria a emissora

A Rádio Cultura FM de Adamantina foi criada a partir da Lei Municipal nº 1.995, de 04 de novembro de 1986, aprovada pela Câmara Municipal, sancionada e promulgada pelo então prefeito Sérgio Gabriel Seixas, com o objetivo de promover e difundir em todo o município eventos culturais, educacionais, esportivos e campanhas sociais beneficentes.
A aprovação da Lei foi o documento oficial que deu ao Poder Executivo Municipal autorização para obter junto ao Ministério da Educação e Ministério das Comunicações a outorga de permissão para a execução do serviço de radiodifusão educacional.
O funcionamento da emissora foi estabelecido no Decreto Municipal nº 2.067, assinado por Seixas em 06 de julho de 1987, com 30 artigos. A emissora ficou subordinada ao Setor de Educação e Cultura de Adamantina, permitida pelo Ministério da Educação e Ministério das Comunicações, através da Portaria Interministerial MINICOM nº 832/76, e autorizada pela Lei Municipal de 1986.
Foi determinada a constituição de uma Diretoria e o Conselhos Deliberativo, sendo atribuídos aos componentes a administração da emissora, e o Conselho de Programação, para estabelecer diretrizes da programação, analisar e avaliar os resultados e objetivos perante a comunidade adamantinense. A diretoria e os conselhos têm, até hoje, mandato de três anos, submetidos à apreciação dos órgãos competentes do Ministério das Comunicações.
A primeira nomeação deu-se em 30 de março de 1992, com a Portaria Municipal nº 53/92, assinada pelo então prefeito Luiz Hilson Lucianeti. O primeiro diretor-presidente foi Jurandir Delmiro Dantas.

Onde tudo começou

A emissão da Licença para Serviço de Radiodifusão Sonora em Frequência Modulada deu-se em 25 de setembro de 1991.A Rádio Cultura FM foi instalada na rua Osvaldo Cruz, 262, edifício da Prefeitura Municipal.
No sexto andar do paço municipal uma das salas foi adaptada para abrigar a recepção, estúdio de gravação e estúdio ao vivo. No sétimo andar foi instalada a CDteca, setor de produção e transmissor. No topo do prédio foi montada a torre. Os móveis e equipamentos foram adquiridos com recursos municipais.
A Cultura FM passou a ficar no das sete horas da manhã à meia-noite, dezessete horas por dia. Pouco depois o expediente passo a ser aberto às seis horas da manhã. A programação musical foi pautada na música popular brasileira, trilha seguida até hoje.


1995, um marco

O ano de 1995 foi um marco na história da Rádio Cultura FM, quando a emissora organizou ampla programação para comemorar o Dia do Rádio (25 de setembro), data em que a emissora também comemora aniversário.
De 20 a 29 de setembro a emissora organizou a mostra “O Rádio”, na Biblioteca Pública Municipal “Cônego João Batista de Aquino”, reunindo com colaboradores um rico acervo em aparelhos radiofônicos e equipamentos próprios das emissoras da região .
No dia 24 de setembro o grupo Jazz Imprudente fez uma jazz-session aberta ao público, no auditório da Biblioteca.
A Cultura FM recebeu profissionais de três emissoras da região, que desenvolveram seus programas, respeitando suas características. Assim, passaram pelos microfones da emissora na tarde do dia 25 de setembro Toninho Messias e Luciano Reis (98 FM de Presidente Prudente), Marlene Mendonça (Cidade FM de Bastos) e Alessandro Panvéchio (Califórnia FM de Osvaldo Cruz). Toda a cidade foi mobilizada para acompanhar a programação.
Na noite do dia 25 a emissora promoveu a mesa redonda “Minha Vida no Rádio”, reunindo pioneiros do rádio adamantinense. Entre eles, Nilton Barreto, José Mário Toffoli e Jonas Bonassa.


FAI assume a Cultura FM

Em 20 de agosto de 1998 o prefeito da época, José Laércio Rossi sancionou e promulgou a Lei nº 2.837, permitindo-lhe assinar convênio com a Fafia – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Adamantina, hoje FAI - Faculdades Adamantinenses Integradas.
A autarquia municipal de ensino superior assumiu integralmente o funcionamento da emissora, desencadeando uma série de investimentos. Os estúdios deixaram o sexto andar do paço municipal e foram construídos no campus I da FAI, agregado ao Núcleo Midiático, onde também estão instaladas a Agepp – Agência Experimental de Publicidade e Propaganda, auditório e estúdio e laboratório fotográfico.
A emissora recebeu novos equipamentos, de última geração, permitindo a informatização total e digitalização dos sistemas de tratamento e veiculação de áudio. Hoje possui a estrutura de rádio mais moderna de toda a região.
Além da proposta original de emissoraeducativa a Cultura FM passou a ser utilizada como laboratório para os cursos de comunicação social da FAI, hoje com duas habilitações: jornalismo e publicidade e propaganda.


Grandes entrevistas

Grandes nomes da música foram entrevistados pela Cultura FM. Entre eles a banda Skank, Oswaldo Montenegro, Dorival Caymi, Nana Caymmi, Milton Nascimento, Daniela Marcury, Ivete Sangalo, Emílio Santiago, Titãs, Zeca Baleiro, Flávio Venturini, Leila Pinheiro, Roupa Nova, J. Quest, Quarteto em CY, MPB-4 e Vânia Abreu, dentre outros. Tim Maia concedeu à Cultura FM uma de suas últimas entrevistas, dias antes de sua morte.

Rua Nove de Julho, 730 - Centro - CEP 17800-000 Adamantina SP - (018) 3502-7010

Portal UNIFAI - Centro Universitário de Adamantina :: Política de Privacidade - © Copyright - Todos os direitos reservados