Congressos Científicos da UNIFAI de 21 a 25/10

Envio de trabalhos prorrogado até 06/10

Newsletter
Nome:
Email:
Cadastre-se e receba as novidades por email!
Indique um Amigo
Suas Informaçães
Nome:
Email:
Informações de seu Amigo
Nome:
Email:
Notícias
Congresso de Iniciação Científica Júnior da UniFAI realiza 1ª Jornada de Robótica
Eventos científicos ocorrem até esta sexta-feira, 25, no Câmpus II

Os Congressos Científicos 2019 do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) apresentaram na noite desta terça-feira, 22, a 1ª edição da Jornada de Robótica, que integra o Congresso de Iniciação Científica Júnior (XII CIC Júnior), nas dependências do Câmpus II.

Com o total de 33 trabalhos inscritos, alunos dos ensinos Fundamental, Médio e Técnico expuseram os projetos desenvolvidos em robótica – a ciência que concebe, constrói e utiliza robôs, aplicando as áreas de mecânica, eletrônica e programação.

De acordo com o pró-reitor de Pesquisa, Prof. Dr. José Aparecido dos Santos, o objetivo em se criar uma jornada para esta área ocorreu devido à tendência no ensino em partir para a inovação, técnica e principalmente automação.

“No CIC Júnior, na seção de maquetes, ocorria a apresentação de projetos ligados a algum sistema ou ‘engenhoca’ feita pelos alunos. Muitas vezes, esses trabalhos junto às maquetes acabaram tendo a avaliação prejudicada. Considerando essa situação, além da importância da robótica na educação, consideramos por bem oferecer essa 1ª Jornada de Robótica pensando numa nova modalidade do CIC Júnior. Contamos com o apoio dos professores Everton Piza Peres (de Pirapozinho) e Silvio Luis Agostinho dos Santos (Lucélia) para a elaboração do regulamento básico, que iremos aprimorar a cada edição”, explicou.

Um dos projetos apresentados que despertou o interesse no público foi a batalha de robôs, desenvolvido pelo Grupo de Robótica da Escola Estadual Lúcia Silva de Assumpção, da cidade de Pirapozinho. O estudante Felipe Henrique de Andrade, do 1º ano do Ensino Médio, detalha o trabalho.

“A gente pensou nesse projeto como meio de atrair os estudantes de nossa escola para a área de tecnologia e da robótica, mostrando para eles que não é algo tão complicado como todos pensam. Para criá-lo, utilizamos desde materiais recicláveis até um kit de programação arduíno – um microprocessador que nós usamos para mandar a programação e ele distribui as funções para os outros componentes. As aulas de robótica são no contraturno escolar. São aulas complementares”, disse Felipe.

A estudante Nathália Beatriz de Oliveira Morais, do 2º ano do Ensino Médio, conta que a ideia de construir a batalha de robôs surgiu quando participaram do Inova Prudente – iniciativa do município de Presidente Prudente e parceiros na implantação do Centro de Inovação.

“Na batalha dos dois robôs, cujos nomes são Monstrão e Garfinho, eles disputam através do celular via bluetooth. A gente usa o arduíno, programação C++ nele. As pessoas se interessam muito por ser automação e fazem perguntas de como funciona. Depois desse projeto surgiram mais alunos interessados em participar do grupo”, afirmou.

A ETEC de Araçatuba participou com o projeto da Esteira Seletora de Objetos, feita de materiais reaproveitados. O estudante do 3º ano do Ensino Médio, João Vitor Pedon Bontempo, explicou o funcionamento: “A esteira está ligada em um arduíno, quase um microcomputador que você consegue programar dentro dele e desempenhar várias funções. Ligamos no arduíno um motor de passo, que consegue fazer rotações precisas com determinados ângulos. Todo o processo é feito dentro desse arduíno, o microcomputador embutido na impressora”.

Outro recurso utilizado foi o desenvolvimento do aplicativo para celular, responsável pela contagem das caixas pequenas ou grandes que passam pela esteira. “Para fazer isso, nós colocamos outra placa em cima do arduíno chamada Ethernet. Através dela e um roteador conseguimos criar uma página na internet para fazer com que o arduíno processasse as informações que estão passando pela esteira e as mostre na tela do nosso celular”, esclareceu.

Os Congressos Científicos 2019 contam com apresentações de trabalhos científicos diversos nas dependências do Câmpus II (avenida Francisco Bellusci, 1.000), em todas as noites até esta sexta-feira, dia 25.

 

OK
UNIFAI - Centro Universitário de Adamantina
Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação
Nuvem de Tags

Apoio Cultural

Nova Alta Paulista Ambiental Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação da UNIFAI UNIFAI - Centro Universitário de Adamantina

 

As empresas interessadas em dar apoio cultural aos Congressos Científicos da UNIFAI 2017, devem entrar em contrato pelo telefone (18) 3502-7080/ 7081 ou pelo email cic@fai.com.br